Uma noite de inverno...



O crepitar da lenha na lareira...

Teu corpo encostado no meu...
A minha mão passa por teu cabelo, em carícias suaves...
Lá fora, a chuva cai...
As nossas respirações acalmam, e lentamente caímos no sono...
Deitados sob um cobertor, a ouvir o som do vento e da chuva..
Tão doce e poderoso...
Neste mundo que parece desaparecer...
Ficando apenas nós naquele momento...

O crepitar da lenha na lareira..
A chuva lá fora..
Tu e eu...
Nesta noite sem fim...

música: David Fonseca - Haunted Home
publicado por FV às 00:30