Caminhos nesta cidade




ruas e vielas

musgo nos telhados
velhos à janela
lembram tempos passados
(...)
sentir-te no escuro
olhar-te nua e crua
rodeada de um muro
de gente que não recua
in Lisboa, by Pólo Norte

Noites vadias, travessas vazias
Caminhos errantes por esta cidade despida
Larga de encantos, vista do por do sol
Estas vielas cruzadas p'las tardias horas do dia
São estes passeios calcorreados
Viajados em mim,que compõem esta cidade
Em que me perco... onde me encontro
Vejo-me num olhar, num luar...
Num desejo, num abraço,
Calmamente acordo num beijo...
Desta lua que caminha p'la rua...
Nesta cidade ... por estes caminhos cruzados
publicado por FV às 22:57