Essa fada...


Há uma fonte
Há uma casa ou uma ponte
E há uma janela,
ao pé da cama uma vela.


Nessa casa,
Há alguém na cozinha,
Inventa massa,
Espera não dormir sozinha.


Debaixo da almofada,
Há um corpo quente talvez um dente.
Silhueta dessa fada,
Nos lençóis presente embora ausente


Tive uma ideia,
Que tal pendurar uma meia
Na lareira,
Ao lado duma teia.


Debaixo da almofada
Há um corpo quente e até um dente
Parece despenteada
Sem escova ou pente, cabelo rente.
Silhueta dessa fada,
Nos lençóis presente, embora ausente.


Debaixo da almofada,
Há um corpo quente e até um dente.
Parece despenteada,
Sem escova ou pente, cabelo rente.
Debaixo dessa fada,
Há um corpo quente talvez Invente.
Silhueta dessa fada,
Nos lençóis presente, embora ausente.


Com esse teu olhar,
um feitiço me apanhou,
um sonho eu vivo
Nesta casa perdido,
Vendo a tua silhueta no escuro
Presente no luar e no meu pensar
Debaixo dos lençois me escondo...
Tu com teu carinho me vens salvar
Dos monstros que assolam os meus sonhos
Teu toque me apaixona e cura
Silhueta desta fada...


música: GNR - Essa Fada
publicado por FV às 18:36