Um beijo...

Aqui sozinho, olhando o céu...

Oiço o canto dos pássaros...

A lua surge no horizonte

Onde estás, que te não vejo?

O barulho do teclar solitário

Ecoa por esta sala vazia

Perco-me aqui na noite

As sombras perseguem-me nos sonhos...

Caio em mim quando oiço um murmúrio

Doce respirar... profundo..

Como um sonho, a luz regressa

Vejo-te à minha frente..

Linda... teus cabelos voam com o vento

Teu olhar penetrante...

Teu corpo esguio e sensual...

Teus lábios clamam um beijo

Aproximo-me de ti...

Afago-te a pele suave, sinto teu cheiro...

Abraças-me... olhas-me profundamente nos olhos...

Apenas consigo timidamente soltar um "Amo-te" e beijar-te...

Nesta profusão de sentimentos...

Toda a sala se desvanece, o silêncio rodeia-nos

O tempo pára, a terra pára de girar...

Só interessas tu e eu...

Juntos, unidos...

Num só corpo, num só ser... naquele beijo...

publicado por FV às 13:12