Num doce beijo

Escreve a saudade com a tua mão
E faz-me ver com os olhos o teu coração
Pois chegou a hora de poder sorrir
É que o vento trouxe o cheiro sem mentir
É doce amargo cheio de cor
Sem peso ou marca para onde eu for
Se mexer no lento cheiro preso aqui
Tenho o cheiro solto vivo mesmo ao pé de mim
Se dormir no louco cheiro e acordar
O mesmo cheiro em todo o corpo vai ficar
É doce amargo cheio de cor
Sem peso ou marca para onde eu for
Serei o que temer
Parei por perder
O lento respirar
Este novo cheiro um beijo me deu
É filho de um cheiro que envelheceu
Tinha todo o nome de um cheiro maior
Que chega com os passos que ouço em redor

Saudade, sonho...
Um doce beijo.
Dormir neste cheiro, guardado em todo o corpo
Toda a alma aberta de coração
Um desejo de respirar
Parar para ficar, sonhar para saber
Sentir para viver
Este cheiro de teu beijo
Sabores adocicados...
Chega nos passos
Caminha na vida
Lado a lado, tu e eu
Num doce beijo... cheio de cor...

música: Lúcia Moniz - Cheiros de ti
publicado por FV às 18:38