Demais...



eu sei que tu és demasiado bonita para mim,

mas um dia eu não vou ter medo de te dizer
para vires viver comigo para um sitio qualquer de onde
se veja o mar
e ter longas conversas sobre a luz
de pernas entrelaçadas

eu faço a minha arte e tu fazes a tua
fazemos as nossas artes e eu tiro o cabelo dos teus
olhos
faço a minha arte e tu fazes a tua.

vais ficar a saber também que quando não estás a olhar
para mim eu desapareço.
e que quando não chove estou a pensar em ti
que todas as tuas ausências são o meu pesadelo
e a minha vontade de agarrar-me aos teus pés
descalços.

eu faço a minha arte e tu fazes a tua
fazemos as nossas artes e eu tiro o cabelo dos teus
olhos
faço a minha arte e tu fazes a tua.
(...)

Como alguém dizia: "você é bela demais..."
A beleza de alguém
Como tu, não se mede, não se controla...
Sei que és demasiado bela...
E que um dia não terei medo de te dizer...
Tudo o que não disse, tudo o que digo
Amo-te, adoro-te, desejo-te

És demasiado bela.
Mas estás aqui...
Faço a minha arte e tu fazes a tua.
Juntos olhamos p'ra não desaparecermos...
E juntos, entrelaçamos as pernas e sonhamos, fugimos...

música: Oioai - Demasiado bonita
publicado por FV às 16:20